Rede Social, Vida Real?

A questão sobre a vida mostrada nas redes sociais é sempre um tema que surge em roda com amigos, família. Hoje em dia há pessoas dependentes de redes sociais. Essa semana mesmo eu estava no aeroporto e todos ao meu redor estavam com o celular na mão. É instagram, facebook, whatsapp, snapchat. O que de início foi criado para reencontrar amigos antigos, postar algumas fotos, trocar informações interessantes, virou um modo de mostrar fotos bonitas, momentos felizes. Antes de postar uma foto são horas escolhendo o filtro ideal, a legenda. Você pode estar destruído por dentro, mas ali na foto e na legenda mostram uma vida perfeita.

Quantas mulheres mudam de vida em função de seguir famosos, blogueiras que mostram uma vida que não é 100% real. É preciso entender que todos temos momentos ruins, nem sempre os dias são perfeitos. Não é preciso postar fotos o tempo todo ou mostrar tudo no stories. Como já disse Caetano Veloso “Cada um sabe a dor e a delícia de ser quem é”.

Nascemos livres, mas aos poucos vamos nos tornando prisioneiros das redes sociais, eu mesma não sou perfeita e aqui no blog mostro isso o tempo todo, eu uso redes sociais sim, mas tudo com limite. É bom dar uma desapegada nem que seja por um turno do seu dia. Se não tem wifi ou 3G o drama já começa, calma compra um livro e lê ou conversa com quem está perto que logo o sinal pega.

Eu acho que as redes sociais tem um poder único e maravilhoso que é passar informação para as pessoas, poder ouvir e ler opiniões e dicas de quem você nem conhece ao vivo. E até mesmo acompanhar a vida de amigos que moram longe com fotos e publicações.  Mas é algo que deve ser usado muito bem. Eu mesma tenho perfil pessoal e o do blog nas redes sociais, sou super adepta a me comunicar por whatsapp, mas tudo com limite, sem viciar demais e esquecer que há um mundo fora da tela do celular.

Há alguns dias atrás uma amiga me disse algo que fez muito sentido… “ Já notou como nas redes sociais há o poder de um like?” E é verdade, cada curtida na foto é um momento de felicidade. É muito normal você curtir a foto de alguém porque achou a foto bonita ou então fazer um comentário sem maldade alguma e a pessoa ou até pior terceiros já veem com um olhar malicioso. Alowwww! Nem todo mundo curte foto ou comenta porque ta afim de te pegar, ok? Até porque relação de verdade é a real mesmo, conversa olho no olho, afinidades, enfim…

Digo isso, pois estou cada vez mais chocada em como as pessoas se transformam nas redes sociais, como ficam depressivas em ver que o outro está mais feliz, como não se permitem fazer o que querem, apreciar um bom livro, um bom vinho ou uma boa companhia. Hoje em dia parece que as pessoas conversam apenas por whatsapp, ligação virou prova de amor. Facilita a vida? Ôh se facilita, mas uma conversa olho no olho tem o seu valor.

Bora desapegar do celular um pouco e viver a vida real? Partiu ser feliz como somos e não nos compararmos  com a vida do outro? É muito bom! E digo isto por experiência própria, siga quem você gosta, quem te faz bem, o perfil que te faz rir ou que compartilha algo legal. A vida é feita de leveza. Ser livre é muito bom e cuidar mais de si faz um bem danado. Não se compare ao outro, o que mostram nas redes sociais nem sempre é realmente a vida real.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *