Ansiedade!

Quem não sente não é mesmo? Existem diversos tipos de ansiedade, aquela que sentimos quando vamos encontrar o boy que gostamos,  tem também ansiedade no trabalho, em casa, até mesmo na viagem que vai chegar.

Nem sempre são em momentos tão agradáveis, existe aquela ansiedade que faz com que nosso corpo sinta e muito. Pois muitas vezes “saciamos” ela nas refeições, comendo muito ou então estamos tão ansiosas com algo que o corpo cansa, a mente não tolera.

Digo isso, pois quando eu tinha as minhas crises convulsivas, antes de eu desmaiar haviam alguns sintomas e aos poucos meu corpo ia amolecendo e eu tinha uma sensação muito ruim de algo me puxando até eu apagar. Estas pré crises chamamos de crises parciais, muitas vezes eu sentia tudo isto e não desmaiava, nem mesmo me retorcia. Admito que tenho um pouco de crises parciais até hoje, mas bem mais fracas, duram segundos e apenas alguns breves sintomas iniciais que logo passa. Não interfere em nada no meu dia a dia.  Em alguns dias eu tenho em outros não. Digo tudo isso, pois foi aprendendo a controlar a ansiedade que me ajudei, ou seja quando começavam os sintomas iniciais eu ficava ansiosa, desesperada e todos os sintomas iam aumentando e piorando até que  eu aprendi a respirar, tentar não focar no que estava acontecendo de fato e logo passava.

Enfim, seja qual for a ansiedade que você sinta e em como ela se reflete no seu corpo, no seu organismo tente controla-la. Respire fundo, tente ficar mais tranquila e pensar apenas em coisas boas.

 

Prece fácil, né? Mas eu sei que não, ôhhh se sei. Até hoje tem dias que digo… nossa essa ansiedade não passa. A mulherada que o diga, quem ai não sente durante a TPM? Mas tudo podemos controlar, é só aprendermos a maneira correta. Quando comecei a controlar a minha ansiedade, notei que não são apenas os meus medicamentos que diminuíram as minhas crises, mas também em como controlo as parciais que aparecem e não deixo se tornarem crises generalizadas que é quando realmente há a retorção e desmaio.

Controle a sua ansiedade,  seja ela qual for. Até mesmo ansiedades boas ou aquelas pelas quais nem sabemos o motivo. O pacote de biscoito, o brigadeiro, ficar grudada no celular para ver se o boy respondeu a mensagem, a falta de ar, a agitação não vão resolver a questão seja ela qual for que está lhe deixando ansiosa. É preciso se manter calma, respirar e controlar da melhor maneira que puderes.

Já tive a sensação que por muitas vezes ansiedade é quando tento gritar sem voz.

Let´s breathe!

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *