Dica da Semana!!

A semana voou, mas a Dica da Semana está incrível!
A convidada é minha querida irmã. Convidei ela para participar, pois sempre tem uma dica boa e me conhece como ninguém. Com certeza viria com uma dica muito boa!
Gargalhadas e troca de idéias é com as Martins aqui mesmo, então ninguém melhor do que ela para falar sobre um assunto que eu amo, viagens!
Vamos a Dica da semana com Bruna Martins.
SOBRE VIAGENS E AMIGOS
A melhor maneira de você descobrir se realmente “o seu santo bate com o do outro” é viajando com a pessoa. Pense só: quando você viaja com alguém, são 24/7 fazendo praticamente tudo junto. Ok, nem todas as horas do dia – banho a gente toma sozinho né?! Apesar de que, uma vez…Ah deixa pra lá.
Eu tenho várias amigas parceiras de viagem, e posso dizer que depois que se viaja junto a amizade muda – pra melhor ou pior – ainda bem que nunca tive uma experiência ruim nesse quesito. Uma das minhas melhores amiga, a Gabriela (beijo, amiga) é minha parceira number one de viagens e a prova viva que tem que ter parceria para dar certo.
Sabe a história de tomar banho sozinho? Então, uma vez eu e a Bi (aka Gabriela) estávamos em um hostel em Dublin, Irlanda. O banheiro era comunitário da galera (óbvio, redundante, mas ok) e o chuveiro, que era minúsculo, funcionava assim: tu apertava o botão pra sair a água, ai tu tava lá  passando shampoo e pá, parava de sair água. Ai tinha que rolar um equilíbrio de segurar as tralhas (sabonete, condicionador,etc), afinal o espaço era pequeno e não tinha onde colocar tudo. Então, tu tá lá fazendo o tal malabarismo (pra também não encostar a bunda na parede do banheiro da galerê nem na cortininha – tá ok, não lembro se tinha cortina) e ainda tem que apertar no botão pra sair a água, de 5 em 5 segundos. A solução? Enquanto tu toma banho a amiga fica ali do lado de fora, segurando tuas tralhas e te alcançando pra facilitar a vida. Obrigada, Bi.
Viajar une as pessoas e cria amizades também. Eu tenho um amigo, o Baia (beijo, amigo). A gente sempre se deu bem, mas depois de viajarmos juntos, a gente virou BFF (rsrsrs). Mas, também, sente só a situação que nos uniu forever.Eu estava morando em Londres, Baia em Roma. Baia foi me visitar em Londres. Queríamos ir pra algum lugar diferente. Fomos para o Egito. Ficamos em Luxor. Um dia fomos para Cairo. Pegamos um sleeping train de 10 horas. Fomos visitar as pirâmides. Bruna e Baia decidiram tirar uma foto pulando. Baia pulou, caiu e levantou. Bruna pulou, caiu e permaneceu caída. Bruna quebrou o pé, no Egito. Nas pirâmides.
Quando olhamos para o meu pé e vimos o tamanho que ele estava rolou um desespero, mas acho que eu só conseguia rir naquele momento. Nosso guia, apavorado, me pegou no colo e me levou até onde estavam alguns carros. Me deram água e começaram a falar que tinham que me levar para o hospital. Na hora olhei para o Baia e disse “mas, a gente nem viu a Esfinge ainda”! Então, chamaram um camelo. Sim, um camelo, para me levar até a esfinge. O bichinho tava meio rengo, então mandei o Baia subir junto. E lá fomos nós, até a Esfinge (por sinal, alguém já viu a Esfinge de costas?! Formatinho estranho rsrsrs).
Com eu não conseguia colocar o pé no chão, Baia me carregava. Apelidei ele de Camelo. Depois da Esfinge ainda teve carona com um árabe muito style, hospital no Cairo com a galera falando, e eu não entendendo nada, achando que iam amputar meu pé e pra finalizar uma parada na casa do guia. Tudo isso com muita risada. A gente ainda teve que pegar um trem de 10h pra voltar para Luxor.Dessa vez não era sleeping train. A volta pra Londres foi com o Baia me carregando o tempo todo. Depois dessa, sei que com ele não tem ruim. Obrigada, amigo!
Enfim, histórias não faltam (alô, gurias de Buenos Aires). Poderia ficar o dia inteiro contando várias e o tempo não seria suficiente.  Mas, a ideia aqui é celebrar o que viagem entre amigos pode proporcionar: muitas experiências, risadas, acontecimentos bizarro e, claro, amizades verdadeiras.
Partiu próximo destino?!

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *