Como assim escrever?!

 

Quando decidi escrever sobre a minha vida, a minha doença e o que mais eu tivesse vontade, pensei em criar um blog. Para escrever todos os dias, como foi mais um dia, mais uma batalha vencida, pois cada dia que se inicia é uma benção e uma nova chance, e cada dia que termina, para muitos é apenas a virada da 00:00 para 00:01, mas na verdade é mais um dia que terminou com sucesso, mas vencemos. Enfim, meu nome é Alice e vou contar para vocês um pouco da minha vida, em como vivo feliz e confiante com uma disfunção focal da região occipital direita do cérebro. Nome feio, mas mais feio ainda é o que ele nos faz passar. Enfim, sem muitas delongas, nasci com uma célula do cérebro um pouco fora do lugar, o que fazia com que eu tivesse crises convulsivas, ou se preferirem epilepsia, tudo igual, tudo a mesma merda. Mas Graças a Deus os medicamentos novos estão dando conta do recado, e evitando isso há mais de 2 anos. Mas este site não fala sobre isso, fala da vida em geral e sem muita chatice. Vamos falar sobre tudo, tudo mesmo. Mas sem ser um blog como todos os outros. Hoje tenho 29 anos e quando decidi escrever, me peguei em frente a uma página em branco, em um domingo de verão nublado, após chegar de um encontro com amigas. Sempre fui muito receosa em falar abertamente sobre tudo isso, com medo do que as pessoas iriam pensar. Mas, acredito que isso acontecia justamente porque as pessoas não sabem, não entendem. Então bora lá, espero que gostem e ajude pelo menos um pouquinho cada um que ler cada página, cada frase. Enjoy it!

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *